Festival Blues do Nordeste apresenta nove bandas do gênero em Fortaleza, durante o mês de fevereiro

Centro Cultural BNB COMENTÁRIOS

Festival Blues do Nordeste apresenta nove bandas do gênero em Fortaleza, durante o mês de fevereiro

Os shows acontecem sempre às 13 horas e às 18 horas.



O Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 – Centro – fone: (85) 3464.3108) realizará o Festival Blues do Nordeste, no decorrer do mês de fevereiro. No Festival, vão se apresentar nove bandas (com cada uma fazendo dois shows), a saber: Blues Label e Puro Malte (dias 2 e 3), De Blues em Quando (dia 4), Kazane Blues e Felipe Cazaux (dias 9 e 10), Água Ardente Blues e Allyson dos Anjos (dias 16 e 17), Marcelo Justa e Artur Menezes (dias 23 e 24). Os shows acontecem sempre às 13 horas e às 18 horas. Conheça a seguir a programação do evento e as sinopses sobre cada uma das nove bandas: Blues Label Dias 2, quarta-feira, às 13 horas, e 3, quinta-feira, às 18 horas A banda tem um trabalho de pesquisa sobre o Blues, o que permite a excelência nas várias vertentes do estilo. Realizando além dos merecidos tributos a grandes mestres, tem desenvolvido um trabalho autoral, onde aliam inovação e tradição, abrindo-se para novas linguagens musicais, através das influências plurais de cada integrante. Puro Malte Dias 2, quarta-feira, às 18 horas, e 3, quinta-feira, às 13 horas Como um bom uísque, a Puro Malte visa o deleite e a satisfação de que tiver a oportunidade de assistir a seus shows, unindo doses generosas do bom e velho blues, curtido no vácuo de válvulas, com a energia e a virilidade do rock’n’roll, seja em interpretações de clássicos, seja em composições próprias, que adicionam um tempero cearense nessa mistura contagiante. De Blues em Quando Dia 4, sexta-feira, às 13 horas e às 18 horas Simplicidade e autenticidade. Esta é a tônica de um trabalho autoral, em português, que torna o gênero acessível a todos, explorando a sensibilidade e paixão, além de clássicos que fizeram do blues um estilo mundialmente conhecido. Kazane Blues Dias 9, quarta-feira, às 13 horas, e 10, quinta-feira, às 18 horas Com a proposta de lançamento do EP “Ao vivo no Cariri”, o grupo Kazane Blues vem com um formato blues-rock para o Festival Blues do Nordeste. O gênero está sendo redescoberto pela juventude fortalezense. Felipe Kazaux Dias 9, quarta-feira, às 18 horas, e 10, quinta-feira, às 13 horas Melódico, preciso e agressivo: essas são as melhores palavras para definir o som composto pelo jovem cantor e guitarrista paulista – um dos principais expoentes do cenário da música autoral cearense. O primeiro álbum solo de sua carreira, intitulado “Help the dog!” (2007) atraiu críticas sofisticadas por parte da mídia. Atualmente está em processo de lançamento do segundo disco – “Good days have come”. Água Ardente Blues Dias 16, quarta-feira, às 13 horas, e 17, quinta-feira, às 18 horas Nas apresentações, o público vibra e aplaude, e percebe o entrosamento da banda, num espetáculo que recria uma atmosfera de alegria e entusiasmo. A Água Ardente Blues tem como influências Muddy Waters, Raul Seixas, Bessie Smith, Janis Joplin e até mesmo nuances jurássicas do rock’n’roll, como Chuck Berry e James Brown. Allyson dos Anjos Dias 16, quarta-feira, às 18 horas, e 17, quinta-feira, às 13 horas Guitarrista e vocalista com diversas influências que partem do Blues Rural, e passeiam pelo jazz, country, boogie woogie e rock’n’roll. Nos shows, clássicos do blues e do jazz como: Freddie King, Billie Holiday, John Lee Hooker, Ella Fitzgerald, Muddy Waters, Chuck Berry, Elvis Presley e Jimi Hendrix. Sonoridade crua inspirada nos bluesmen do delta do rio Mississipi (EUA), além de composições autorais e muito improviso. Marcelo Justa Dias 23, quarta-feira, às 13 horas, e 24, quinta-feira, às 18 horas O guitarrista cearense Marcelo Justa iniciou seus estudos de música com formação clássica, mas tendo como principais influências o jazz e o blues. Desenvolveu um trabalho autoral, mudando-se no final dos anos 1980 para o Rio de Janeiro, onde residiu por cinco anos divulgando a sua música. De volta a Fortaleza, Marcelo Justa passou a atuar profissionalmente em 1992, trabalhando em várias casas noturnas da cidade e participando de vários projetos e eventos. Artur Menezes Dias 23, quarta-feira, às 18 horas, e 24, quinta-feira, às 13 horas Suas influências vão de Jimi Hendrix ao rei do baião Luiz Gonzaga, passando por Albert Collins, Albert King, B. B. King, Stevie Ray Vaughan, Buddy Guy, James Brown e Johnny Winter. Atualmente em São Paulo, após duas temporadas em Chicago, nos EUA. Tocou com músicos internacionais como: John Primer, Charlie Love and The Silky Smooth Band, Linsey Alexander, Phil Guy, Brother John, Jimmi Burns e Big Ray, entre outros. No dia 11 de fevereiro (sexta-feira), a partir das 12 horas, o CCBN-Fortaleza apresentará shows históricos em DVD, com nomes mundialmente consagrados do Blues, como Eric Clapton, B. B. King, Johnny Winter, Gary Moore, Rory Gallagher e Muddy Walter, entre outros.

Centro Cultural BNB


Abertura de Exposição CCBNB

Postado em 28/12/2014 - 16:22:37

Programa gratuito Papo XXI

Postado em 09/06/2013 - 09:26:31




Comentários

blog comments powered by Disqus