Museu do Ceará


Museu do Ceará


comentários  

       

O prédio que hoje abriga o Museu do Ceará teve sua construção iniciada em 1855 e concluída em 1871. Foi idealizado para ser a Assembléia Provincial do Ceará, em pleno Brasil-Império. Diversos engenheiros sucederam-se na direção das suas obras, que terminaram com Adolpho Herbster, também contratado pelo Governo da Província do Ceará para dirigir as reformas urbanas na capital, Fortaleza, no decurso da segunda metade do século XIX.

Posteriormente, o edifício sediou o Liceu do Ceará, o Fórum, a Faculdade de Direito, o Tribunal Regional Eleitoral, o Instituto do Ceará, a Biblioteca Pública e a Academia Cearense de Letras. Em 1973, foi tombado como Monumento Nacional pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), sendo restaurado e preservado.

O imóvel ainda mantém suas características arquitetônicas originais. Seu estilo neoclássico é expresso principalmente através das colunas, janelas e frontão triangular. Sua magnificência está também em seu tamanho, bem maior que a maioria das construções que lhe foram contemporâneas.
Em 1990, foi restaurado novamente pelo Governo do Estado do Ceará, sob orientação do IPHAN e com o apoio da Fundação Nacional Pró-Memória. Nas proximidades do Palacete Senador Alencar está o Palácio da Luz (atual Academia Cearense de Letras), a Igreja do Rosário e a Praça General Tibúrcio (mais conhecida como Praça dos Leões). Juntos, essas construções formam um dos mais importantes conjuntos arquitetônicos antigos de nossa capital.

Palacete Senador Alencar

The building that now houses the Museum of Ceará had its construction started in 1855 and completed in 1871. It was designed to be the Provincial Assembly of Ceará, Brazil, in the Empire. Several engineers succeeded in the direction of their works, which ended with Adolpho Herbst, also hired by the Government of the Province of Ceará to drive the reforms in the capital city, Fortaleza, during the second half of the nineteenth century.

Later, the building hosted the Liceu do Ceará, the Forum, the Faculty of Law, the Regional Electoral Court, the Institute of Ceará, the Public Library and the Academy of Arts Cearense. In 1973, it tumbled as a National Monument by IPHAN (Institute of National Historical and Artistic Heritage), being restored and preserved.

The building still retains its original architectural features. His neoclassical style is expressed mainly through the columns, windows and triangular pediment. Its magnificence is also in its size and larger than most of the buildings which were contemporary.

In 1990 it was restored again by the Government of Ceará State, under the guidance of the IPHAN and with the support of the Fundação Nacional Pró-Memória. Near the Senator Palacete Alencar is the Palace of Light (current Cearense Academy of Arts), the Church of the Rosary and General Tibúrcio Square (better known as the Lions Square). Together, these buildings form one of the most important collections of ancient architectural our capital.

Exposições temáticas

1 - Memorial Frei Tito de Alencar: A exposição apresenta alguns objetos pessoais do cearense Tito de Alencar Lima, com o objetivo de provocar reflexões sobre a trajetória de vida desse frei dominicano que sofreu os ditames do regime militar implantado no Brasil, durante a década de 1960 a 1980.

2- Fortaleza: Imagens da cidade'': A exposição é um caleidoscópio de tempos e espaços que se entrelaçam no intuito de estimular a reflexão sobre a constituição da cidade de Fortaleza, desde os tempos de ''vila do Forte'' até a sua configuração atual de metrópole.

3 - Povos indígenas: Aqui são expostos objetos relativos à cultura indígena, recolhidos em diferentes lugares do Brasil, entre eles o Ceará. São peças oriundas em grande parte da coleção de Tomaz Pompeu Sobrinho, cearense que se dedicou a estudar a organização das comunidades nativas.

4 - Artes da escrita: A proposta dessa sala é instigar o debate acerca da produção escrita de vários intelectuais cearenses, muitos dos quais filiados a determinados movimentos ou agremiações literárias e de ciências que se estabeleceram no Ceará (como a Padaria Espiritual, a Academia Cearense de Letras, Instituto Histórico, Centro Literário etc).

5- Religiosidade popular: Essa sala concentra algumas peças referentes ao universo religioso que envolve dois homens que aturam no Cariri, região sul do Ceará. Um deles foi Padre Cícero Romão Batista, que fundou a cidade de Juazeiro do Norte. Outro foi o Beato José Lourenço, que organizou a comunidade de Caldeirão.

6 - Escravidão e abolição negra: A finalidade dessa exposição é incitar a discussão sobre as memórias construídas acerca da escravidão negra e do abolicionismo no Ceará, desmistificando o epíteto de "Terra da Luz" que o Estado recebeu ao decretar oficialmente o fim da escravatura em 1884, quatro anos antes da Lei Áurea (1888).

7 - Arqueologia Cearense: A exposição apresenta objetos líticos pré-históricos (de pedra polida e lascada) e cerâmicas tupi-guarani diversificadas, que nos permitem refletir sobre o modo de vida das populações que habitavam o território do Ceará antes e após a colonização européia.

8 - Símbolos e emblemas do poder: A mostra apresenta e estimula a reflexão sobre diferenciados objetos que se revestiram em nossa sociedade como símbolos dos poderes públicos (exercido pelas instituições oficiais de nossa sociedade) ou dos poderes privados (desvinculados do aparato oficial).

9 - Placas e Plantas de Fortaleza: Amplia o debate sobre placas e plantas como dispositivos de orientação indispensáveis ao homem urbano, em suas movimentações diárias pela metrópole.

10 - Caldeirão 80 anos: Exposição de objetos e imagens, testemunhas tocantes da vida e da destruição do Caldeirão, uma comunidade de camponeses criada em 1926 pelo Beato José Lourenço, sob a orientação do Padre Cícero, e destruída em 1936, quando a polícia expulsou todas as famílias que lá habitavam.

 





comments powered by Disqus

Vila das Artes

Equipamento cultural vinculado a Secretaria de Cultura da Prefeitura Municipal de Fortaleza, a Vi...


Casa de Juvenal Galeno

Fundada em 27 de setembro de 1919, é uma instituição mantida pela Secretaria...


Professor João Felipe

A primeira Estação de Fortaleza da Estrada de Ferro de Baturité, chamada de ...


Palácio do Comércio

Federação das Associações de Comércio e Industrias do Cear&aac...


Sobrado Dr. José Lourenço

Construído na segunda metade do século XIX, o Sobrado da Rua da Palma - hoje Rua Ma...


Museu do Ceará

O prédio que hoje abriga o Museu do Ceará teve sua construção iniciad...


Igreja do Rosário

Em 1730 um negro escravo africano tomou a iniciativa de erguer uma capelinha de taipa e palha no ...


Palácio de Luz

O Palácio da Luz a antiga sede do Governo de Estado foi construído no final do s&ea...


Igreja Nossa Senhora do Carmo

A Igreja do Carmo nasceu de uma simples capela no mesmo sítio onde hoje se ergue a Matriz,...


Instituto Histórico Geográfico e Antropológico do Ceará

Foi fundado em 04 de março de 1887, o Instituto Histórico Geográfico e Antro...


Associação dos Merceeiros

A Associação dos Merceeiros foi criada em 05 de abril de 1914 para proteger os pequ...


Theatro José de Alencar

Foi inaugurado oficialmente em 17 de junho de 1910 e apresenta arquitetura eclética, sala ...


Arquivo Público do Estado do Ceará

O Arquivo Público do Estado do Ceará foi criado em 6 de setembro de 1916, como &oa...


   
Fonte: Museu do Ceará